O ministro da Saúde Nelson Teich pediu demissão na manhã desta 6ª feira. O anúncio foi feito pelo Ministério da Saúde.

Nelson Teich é o 2º ministro da saúde a deixar a função durante a pandemia do coronavírus. O ministro anterior Henrique Mandetta foi demitido em 16 de abril. Teich assumiu a cadeira da Saúde em 17 de abril –completaria um mes no cargo.

O general Eduardo Pazuello, secretário-executivo da pasta, assume o cargo interinamente, Sua nomeação,

O antecessor de Teich, Luiz Henrique Mandetta, publicou 1 tweet logo depois da notícia da demissão de Teich ser veiculada. Na mensagem, diz: “Oremos. Força SUS. Ciência. Paciência. Fé!”.

Reprodução

Mandetta, entrou em atrito com Bolsonaro por defender o isolamento social, enquanto o presidente pedia a reabertura da economia.

O presidente defende que a cura da covid-19 não pode ser pior que a doença e que os comércios não podem ficar fechados. Acredita que, acabando com o isolamento, reaquece a economia. Já Mandetta, assim como a OMS, achava que o isolamento social era a melhor saída para frear as infecções do novo coronavírus.