Junho 18, 2021  JCarreiro

Relatório final indica procedência da denúncia

vereador Luiz Ramos Filho (PMN), relator no Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio de Janeiro  do processo contra o vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), apresentou hoje (18) o seu relatório final pela procedência da denúncia, indicando a cassação do mandato do parlamentar por quebra de decoro.

A partir de agora, a defesa de Jairinho terá  cinco dias para apresentar suas alegações finais. Após esse prazo, o conselho voltará a se reunir para deliberar sobre o processo. Se for aprovado, ele é remetido ao plenário para a votação definitiva.

Prisão

O vereador  está preso desde 8 de abril último  junto com a namorada Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, de 4 anos de idade, que, segundo as investigações, teria sido morto por Dr. Jairinho, após sofrer espancamento no apartamento onde morava com o casal, no Rio de Janeiro. Dias depois,  a justiça transformou a prisão temporária de 30 dias do casal em prisão preventiva. 

Relatório

No relatório, que teve como base o inquérito policial sobre a morte do menino Henry Borel e o depoimento por escrito do executivo da rede d’Or [hospital], Pablo Menezes, o vereador Ramos Filho entende que há elementos para a cassação do mandato. 

“A ligação do Dr. Jairinho para o executivo do hospital para evitar que o corpo do menino Henry fosse periciado pelo Instituto Médico Legal caracteriza quebra de decoro a ser punido com a perda do mandato”, explicou.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?us_privacy=1—&client=ca-pub-2657330081263300&output=html&h=280&adk=295376707&adf=3258316855&pi=t.aa~a.3239823061~i.15~rp.4&w=679&fwrn=4&fwrnh=100&lmt=1624048669&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=7156505515&tp=site_kit&psa=1&ad_type=text_image&format=679×280&url=https%3A%2F%2Fdiariog1.com%2F2021%2F06%2F18%2Frelator-pede-cassacao-do-mandato-do-vereador-dr-jairinho%2F&flash=0&fwr=0&pra=3&rh=170&rw=678&rpe=1&resp_fmts=3&wgl=1&fa=27&adsid=ChAI8IixhgYQ9NvizLjdtoE5Ej0A2XWSzkKccZwbUa1QaZrQ35vr5ZFLz8jJGnEiZzbXIjqHNLAlQ8v2jCBfpV9sZu6S-A3EDtS-xgRPYB9p&uach=WyJXaW5kb3dzIiwiMTAuMCIsIng4NiIsIiIsIjkxLjAuNDQ3Mi4xMDEiLFtdXQ..&dt=1624048661651&bpp=4&bdt=8878&idt=5&shv=r20210616&cbv=%2Fr20190131&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3D5a681c700049bb87-2283fecf02ba00ec%3AT%3D1621996808%3ART%3D1621996808%3AS%3DALNI_Ma0TP-xujSqKAQxsTeLzrxGKoX41w&prev_fmts=0x0%2C1200x280&nras=2&correlator=5961467680798&frm=20&pv=1&ga_vid=1256431956.1621996807&ga_sid=1624048658&ga_hid=14320839&ga_fc=0&u_tz=-180&u_his=5&u_java=0&u_h=768&u_w=1366&u_ah=728&u_aw=1366&u_cd=24&u_nplug=3&u_nmime=4&adx=140&ady=1643&biw=1349&bih=657&scr_x=0&scr_y=0&eid=31060614&oid=3&pvsid=3895857433679977&pem=946&ref=https%3A%2F%2Fdiariog1.com%2Fwp-admin%2Fpost.php%3Fpost%3D4496%26action%3Dedit&eae=0&fc=1408&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C1366%2C0%2C1366%2C728%2C1366%2C657&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=128&bc=31&jar=2021-06-15-01&ifi=3&uci=a!3&btvi=1&fsb=1&xpc=BBdTMrbBuF&p=https%3A//diariog1.com&dtd=7995

O vereador Alexandre Isquierdo (DEM), presidente do Conselho de Ética, afirmou que a Câmara do Rio agiu de forma célere, com responsabilidade, respeitando todos os prazos e o direito à ampla defesa do acusado. 

De acordo com  Isquierdo, a expectativa é que a votação definitiva em plenário ocorra no dia 29 de junho. “O parlamento agiu desde o primeiro dia em que veio à tona o diálogo da professora Monique Medeiros [mãe de Henry] com a babá, que deixou todos nós estarrecidos e chocados. Com certeza esse parlamento dará uma resposta à sociedade”, disse.

Próximos passos

Após a entrega das alegações finais, em até cinco dias úteis, o parecer do relator é submetido à deliberação do Conselho de Ética, considerando-se aprovado se obtiver a maioria absoluta dos votos dos seus integrantes.

Caso o conselho vote favorável à denúncia, o processo é transformado em Projeto de Resolução e encaminhado à Mesa Diretora, para ser incluído na ordem do dia.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?us_privacy=1—&client=ca-pub-2657330081263300&output=html&h=280&adk=295376707&adf=2271526830&pi=t.aa~a.3239823061~i.25~rp.4&w=679&fwrn=4&fwrnh=100&lmt=1624048669&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=7156505515&tp=site_kit&psa=1&ad_type=text_image&format=679×280&url=https%3A%2F%2Fdiariog1.com%2F2021%2F06%2F18%2Frelator-pede-cassacao-do-mandato-do-vereador-dr-jairinho%2F&flash=0&fwr=0&pra=3&rh=170&rw=678&rpe=1&resp_fmts=3&wgl=1&fa=27&adsid=ChAI8IixhgYQ9NvizLjdtoE5Ej0A2XWSzkKccZwbUa1QaZrQ35vr5ZFLz8jJGnEiZzbXIjqHNLAlQ8v2jCBfpV9sZu6S-A3EDtS-xgRPYB9p&uach=WyJXaW5kb3dzIiwiMTAuMCIsIng4NiIsIiIsIjkxLjAuNDQ3Mi4xMDEiLFtdXQ..&dt=1624048661666&bpp=13&bdt=8893&idt=13&shv=r20210616&cbv=%2Fr20190131&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3D5a681c700049bb87-2283fecf02ba00ec%3AT%3D1621996808%3ART%3D1621996808%3AS%3DALNI_Ma0TP-xujSqKAQxsTeLzrxGKoX41w&prev_fmts=0x0%2C1200x280%2C679x280&nras=3&correlator=5961467680798&frm=20&pv=1&ga_vid=1256431956.1621996807&ga_sid=1624048658&ga_hid=14320839&ga_fc=0&u_tz=-180&u_his=5&u_java=0&u_h=768&u_w=1366&u_ah=728&u_aw=1366&u_cd=24&u_nplug=3&u_nmime=4&adx=140&ady=2295&biw=1349&bih=657&scr_x=0&scr_y=0&eid=31060614&oid=3&pvsid=3895857433679977&pem=946&ref=https%3A%2F%2Fdiariog1.com%2Fwp-admin%2Fpost.php%3Fpost%3D4496%26action%3Dedit&eae=0&fc=1408&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C1366%2C0%2C1366%2C728%2C1366%2C657&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=128&bc=31&jar=2021-06-15-01&ifi=4&uci=a!4&btvi=2&fsb=1&xpc=YInUdmVxY8&p=https%3A//diariog1.com&dtd=8011

A perda de mandato é deliberada em votação aberta no plenário, com direito ao pronunciamento dos parlamentares e da defesa durante a sessão, decidida por dois terços dos 51 vereadores, num total de 34 votos. A sessão está prevista  para o dia 29 deste mês.

Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

Edição: Kleber Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *