Toral de casos é de 18,76 milhões

O Brasil chegou a 524.417 mortes por covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 830 óbitos e 27.783 novos casos. No total, 18.769.808 casos já foram confirmados no país. Ainda existem 3.553 mortes em investigação por equipes de saúde, dados relativos a ontem. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente. O número de pessoas recuperadas totalizou 17.082.876.

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado hoje (4). O balanço é elaborado a partir dos dados sobre casos e mortes levantados pelas autoridades locais de saúde.

Em geral, os registros de casos e mortes são menores nos feriados, aos domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de Saúde aos fins de semana. Já às terças-feiras, os totais tendem a ser maiores pelo acúmulo das informações que são enviadas ao ministério.

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (129.609), Rio de Janeiro (56.031) e Minas Gerais (47.079). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.752), Roraima (1.756) e Amapá (1.845).

Em relação aos casos confirmados, São Paulo também lidera, com 3,7 milhões de casos. Minas Gerais, com 1,8 milhão, e Paraná, com 1,3 milhão de casos, aparecem na sequência. O estado com menos casos de covid-19 é o Acre, com 85,8 mil, seguido por Roraima (113,4 mil) e Amapá (117,7 mil).

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil
Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil, por 04/07/2021/Divulgação/Ministério da Saúde

Vacinação

Até o momento, foram distribuídas a estados e municípios 143,2 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Desse total, foram aplicadas 104,9 milhões de doses, sendo 77,5 milhões da primeira dose e 27,4 milhões da segunda dose.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, usou sua conta no Twitter para comemorar a distribuição de 13,5 milhões de doses de vacina nos últimos cinco dias. Foram 3 milhões de doses da Janssen; 3,33 milhões de doses da Pfizer e 7,15 milhões de doses da AstraZeneca entregues aos estados e municípios entre quarta-feira (30) e hoje.https://platform.twitter.com/embed/Tweet.html?creatorScreenName=julio_carreiro&dnt=false&embedId=twitter-widget-0&features=eyJ0ZndfZXhwZXJpbWVudHNfY29va2llX2V4cGlyYXRpb24iOnsiYnVja2V0IjoxMjA5NjAwLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X2hvcml6b25fdHdlZXRfZW1iZWRfOTU1NSI6eyJidWNrZXQiOiJodGUiLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X3R3ZWV0X2VtYmVkX2NsaWNrYWJpbGl0eV8xMjEwMiI6eyJidWNrZXQiOiJjb250cm9sIiwidmVyc2lvbiI6bnVsbH19&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1411718636276965380&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Fdiariog1.com%2F%3Fp%3D5116&sessionId=ba843b58ecddc45d87cb7c3110ead9e0a72e0345&siteScreenName=julio_carreiro&theme=light&widgetsVersion=82e1070%3A1619632193066&width=550px

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *