Inscrições para primeiro edital serão abertas nesta terça, 31

A Secretária de Cultura de Teresópolis, Cléo Jordão, e o Subsecretário, Ricardo Guarilha, acompanhados pela escritora Andrea Taubman e o professor Cláudio Rogério Dutra, ambos membros do Conselho Municipal de Políticas Culturais, estiveram na última sexta-feira, 27 de agosto, no Rio de Janeiro, para o lançamento do Pacto Cultural RJ, pacote de investimento do Governo do Estado que vai injetar R$ 75 milhões no fomento à cultura fluminense.

Promovido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SECEC), o evento foi realizado no Teatro João Caetano e reuniu representantes de todos os 92 municípios do Estado do Rio.

Apresentado oficialmente pelo Governador Cláudio Castro e pela Secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros, o Pacto Cultural conta com cinco editais, que serão lançados até o fim do ano e têm como objetivo estimular a cadeia produtiva do setor, gerar empregos e incentivar a retomada das atividades. Do total de R$ 75 milhões, R$ 40 milhões são provenientes do Fundo Estadual de Cultura (FEC), R$ 20 milhões do Governo do Estado e R$ 15 milhões do Governo Federal. “O Pacto é a retomada da arte, é a democratização do acesso à cultura. É a construção de uma cultura acessível, inclusiva e para todos”, destacou Danielle Barros.

Para a Secretária de Cultura de Teresópolis, Cléo Jordão, o Pacto Cultural será mais uma ferramenta de grande valia para o fomento da cultura na cidade. “O setor cultural foi um dos mais prejudicados pela pandemia da Covid-19. E, mesmo com todo o aporte gerado pela Lei Aldir Blanc, até hoje o setor segue com dificuldades, por conta das medidas de restrição, limitando a arte e a atuação dos artistas em quase todas as linguagens. Daí a importância do Pacto Cultural, que certamente dará uma nova injeção de ânimo à classe artística”, comentou.

O lançamento do pacto Cultural contou ainda com a presença de diversos artistas, como Marcos Frota, Toni Garrido e Pedro Baião. Na ocasião, além dos editais, também foi anunciada a retomada do convênio com o Governo Federal do programa de Pontos de Cultura, parado desde 2015.

Sobre os editais

As inscrições para a primeira chamada pública, a “Cultura Presente nas Redes 2”, que vai destinar R$ 7,5 milhões a três mil fazedores de cultura fluminenses, começam nesta terça-feira, 31 de agosto, a partir das 18h, e vão até 29 de setembro. Os interessados devem se inscrever através do sistema Desenvolve Cultura (http://cultura.rj.gov.br/desenvolve-cultura/inscricao/). Para concorrer basta ser residente do Estado do Rio e ter mais de 18 anos, além de comprovar atuação cultural há pelo menos um ano.

O maior volume de recursos vai para o edital Retomada Cultural RJ 2, que deve colocar no mercado cultural fluminense cerca de R$ 40 milhões, voltados para pessoas jurídicas e que contempla todos os segmentos culturais.

Ainda em 2021, serão lançadas chamadas voltadas para a Arte Urbana, com investimento de R$ 6 milhões e duas chamadas culturais inéditas no estado do Rio: edital para valorização da cultura dos Povos Tradicionais, com premiação de R$ 5 milhões, e uma chamada pública para contemplar artistas com algum tipo de deficiência, que conta com aporte de R$ 1,5 milhão.

Foto: Divulgação 

PREFEITURA DE TERESÓPOLIS – ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *