Fotos: Bruno Nepomuceno

Unidade de atendimento especializado e humanizado à vítima de violência doméstica fica no Centro Administrativo Municipal, no centro da cidade

Teresópolis recebeu, nesta segunda-feira, 18, mais um espaço de apoio às vítimas de violência doméstica, com a inauguração da Sala da Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida, no 2º andar do Centro Administrativo Municipal Manuel Machado de Freitas, no centro da cidade (Av. Lúcio Meira, 375 – Várzea). A unidade vai funcionar em local cedido pela Prefeitura e tem o objetivo de acolher mulheres vítimas de violência física, sexual, psicológica, patrimonial e moral, possuindo uma equipe multidisciplinar que proporciona atendimento especializado e humanizado, além de uma brinquedoteca, um cantinho especial para dar toda assistência necessária nos atendimentos em que as mães estejam acompanhadas dos filhos.

O evento contou com a presença de autoridades policiais e judiciais, vereadores, secretários municipais, entre outros convidados. Com uma ambientação acolhedora, a sala oferece conforto às vítimas em um momento de extrema fragilidade física e emocional, permitindo que se sintam mais acolhidas e seguras para prestar sua denúncia. A secretária dos Direitos da Mulher, Margareth Rosi, frisou sobre o trabalho de excelência do grupamento.

“Os Guardiões da Vida, formado por policiais militares, nos ajudam, de forma permanente, a coibir a violência contra a mulher. Eles fiscalizam o cumprimento das medidas protetivas de urgência expedidas pelo Judiciário. É um enorme ganho para Teresópolis a vinda desses aguerridos profissionais para este espaço. Agradeço ao tenente-coronel Soliva e ao Prefeito Vinicius Claussen, que se juntaram para que esse equipamento chegasse até aqui”.

O comandante do 30º BPM (Batalhão de Polícia Militar), tenente-coronel Alex Marchito Soliva, destacou a parceria com a Prefeitura. “Gostaria de agradecer imensamente a parceria com a Prefeitura, que disponibilizou para a Polícia Militar um espaço muito mais adequado para esse atendimento das mulheres que sofrem esse tipo de violência, inclusive com a montagem de uma brinquedoteca para os filhos das vítimas atendidas”, comentou o comandante Soliva, pontuando que a Patrulha Maria da Penha do 30º BPM atua em Teresópolis e região e que a principal atribuição do grupamento especializado é o atendimento e monitoramento das mulheres com as Medidas Protetivas de Urgência deferidas pelo Poder Judiciário, bem como a fiscalização de seu cumprimento pelos agressores.

Os vereadores Paulinho Nogueira e Erika Marra também participaram da inauguração. Prestigiaram ainda a juíza titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Marcela Assad, a promotora de justiça Carla Cruz, que já atuou no Ministério Público em Teresópolis, e o delegado titular da 110ª DP, Marcio Dubugras.

A Sala da Patrulha Maria da Penha atenderá de segunda a sexta, das 9h às 18h. Vítimas de violência ou denúncia de violência contra a mulher também podem entrar em contato direto com a Patrulha Maria da Penha pelos números (21) 97659-8931 e (21) 99203-2952 ou ainda pelo e-mail pmprj_30bpm@pmerj.rj.gov.br.

Fotos: Bruno Nepomuceno