Realizado pela Secretaria de Segurança Pública, por meio da Guarda Civil Municipal de Teresópolis (GCM), o 2º Curso de Condutores de Cães de Trabalho reúne integrantes das guardas municipais das cidades de Barra Mansa e de Cardoso Moreira. O objetivo é a formação e o domínio da técnica de condutores, para que os participantes desempenhem suas funções com eficiência em seus municípios. 

“No primeiro curso, realizado em 2020, tivemos 18 agentes formados. Agora, estamos capacitando o pessoal desses dois municípios. Com o reconhecimento do trabalho da nossa Equipe K9, que ganhou sede adequada e foi ampliada na gestão do Prefeito Vinicius Claussen, somos cada vez mais requisitados tanto para ministrar treinamentos como para atuar em conjunto com as forças de segurança”, comentou o secretário de Segurança Pública, Marcos Antonio da Luz.


 O curso: 
Com 110 horas-aula, o treinamento segue até o dia 26 de janeiro e inclui temas como condução com cão de proteção, obediência e bem-estar animal, patrulha na rua, condução em distúrbio civil, condução de detecção e legislação penal do trabalho. As atividades são realizadas no Horto Municipal de Teresópolis – que abriga a sede da 1ª Companhia de Operações com Cães da GCM, e também na Praça Olímpica Luís de Camões e na garagem da Prefeitura, onde são realizados exercícios de detecção de armas e de materiais entorpecentes.

“São duas semanas de curso com várias atividades práticas, para que os agentes de Barra Mansa e de Cardoso Moreira possam implantar logo esse serviço com cães nos seus municípios, reforçando a segurança pública com mais um atendimento de qualidade. Outra meta é que eles possam instalar a cinoterapia, trabalho que faz um diferencial e que tem a simpatia da população”, frisou Gil Wellington, comandante da GCM.

Equipe K9: A Companhia de Operações com Cães (K9) da Guarda Civil Municipal de Teresópolis participa desde 2014 de ações conjuntas com a Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. São nove animais atuando na detecção de substâncias entorpecentes e de armas, busca e resgate de pessoas, controle de distúrbios e proteção. Os cães também fazem parte do projeto de cinoterapia. Nesse trabalho terapêutico, implantado pela Guarda Municipal em 2019,  os animais são conduzidos a instituições e a setores públicos, onde interagem com idosos, crianças e adolescentes. Dessa experiência costumam ser observados benefícios psicológicos e sociais pelos pacientes e internos.

Fotos: Jorge Maravilha