© UFRJ/Divulgação© UFRJ/Divulgação

Nesta sexta-feira (19), o Observatório do Valongo, pertencente à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), lançou o tão aguardado guia “Efemérides Astronômicas” para o ano de 2024. O documento visa reacender o interesse pela contemplação do céu, oferecendo informações detalhadas sobre uma variedade de fenômenos astronômicos.

O guia apresenta, de forma acessível, a programação dos corpos celestes, fornecendo datas precisas e instruções sobre como e quando observá-los. Para facilitar ainda mais a experiência, inclui mapas celestes que guiarão os entusiastas da astronomia durante suas observações.

Entre os destaques do guia estão nove chuvas de meteoros programadas para ocorrer ao longo do ano, oferecendo espetáculos deslumbrantes que poderão ser apreciados a olho nu. Além disso, seis cometas estarão visíveis, proporcionando um espetáculo celestial, especialmente quando observados através de binóculos ou pequenos telescópios.

O ano de 2024 reserva também a ocorrência de dois eclipses, um lunar e outro solar, ambos parciais, visíveis em determinadas regiões do Brasil. Esses eventos prometem encantar observadores de todo o país.

Produzido desde 2016, o guia não se limita apenas a listar fenômenos astronômicos. Ele oferece explicações detalhadas sobre diversos temas, como a natureza do Sol, características dos planetas do sistema solar, galáxias, paisagens cósmicas e até mesmo a Lua. Ilustrações enriquecem as seções temáticas, tornando o material acessível a leitores de todas as idades.

Além disso, o guia proporciona uma viagem pela história e acervo do Observatório do Valongo, o segundo observatório mais antigo do Brasil, fundado em 1881. Essa seção permite que os leitores conheçam a trajetória e as contribuições desse importante centro de pesquisa astronômica ao longo dos anos.

Para os amantes da astronomia e curiosos sobre o cosmos, o guia do Observatório do Valongo é uma ferramenta indispensável, proporcionando uma conexão única com o vasto e fascinante universo que nos cerca.