A equipe orientou moradores que tiveram casas interditadas e terão que deixá-las, passando a receber aluguel social

A Secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Margareth Rosi, visitou a comunidade do Rosário na manhã da última  quarta-feira, 24 de janeiro. Acompanhada da equipe técnica da secretaria, Margareth visitou as 12 residências interditadas permanentemente na localidade para oferecer atendimento social especializado e orientações sobre o Aluguel Social, benefício que será concedido aos desabrigados.

Os processos de interdição foram abertos pelo Ministério Público e executados pela Defesa Civil. Devido a resistência de alguns moradores em deixar as áreas de risco, a Assistência Social percebeu a necessidade de levar orientações e acolhimentos aos moradores afetados. “Estamos aqui, pessoalmente, orientando os moradores a aceitar a decisão judicial, fazer o cadastro para o recebimento do aluguel social e dar esse primeiro passo para o recomeço de vida em um local mais seguro.” frisou a Secretária Margareth. 

Os moradores do Rosário que possuem laudo de interdição permanente e ainda não deram entrada no benefício do Aluguel Social podem procurar o setor de Aluguel Social (antigo setor de habitação), no Centro Administrativo Municipal (Av. Lúcio Meira, 001 – Várzea, Antigo Fórum) de segunda a sexta, de 9h às 17h. Fotos: Divulgação