A migração da telefonia analógica para a digital no setor público traz uma série de vantagens e melhorias. Entre elas, a eficiência nos serviços de comunicação com o cidadão e a redução de custos. Na busca pela modernização, após estudos técnicos, a Prefeitura de Teresópolis, por meio das secretarias municipais de Ciência e Tecnologia e de Administração, finalizou os procedimentos licitatórios para a contratação de empresa especializada para operar o novo sistema de telefonia, passando do analógico para o digital. 

A reestruturação vai substituir um serviço que utiliza uma tecnologia obsoleta, sem funcionalidade prática, com custos elevados e que vem sendo descontinuado pela Operadora OI em vários municípios. Inclusive, por conta dessa interrupção, as linhas telefônicas de vários setores da Prefeitura de Teresópolis pararam de funcionar, apesar de as contas estarem pagas e das seguidas solicitações de reparo enviadas à empresa prestadora do serviço.

“Reestruturamos praticamente toda a infraestrutura da Prefeitura com ampliação da conectividade, novos equipamentos, softwares, informatização dos setores e agora investimos na modernização da telefonia. Nosso objetivo é impulsionar a eficiência dos serviços públicos, beneficiando diretamente os cidadãos”, frisa o Prefeito Vinicius Claussen.

Vencedora do pregão eletrônico, o que garantiu a ampla concorrência do certame, a empresa Erictel Assessoria de Telecomunicações Ltda. tem sede em Petrópolis, região serrana do Rio, e possui experiência na implantação de serviços de telefonia digital no setor público. É responsável pela modernização de telefonia nas prefeituras de Petrópolis, Nova Friburgo, São José do Vale do Rio Preto, Resende e Barra do Piraí e na Justiça Federal do Rio de Janeiro, entre outros.

O processo de migração acontecerá no período de 19 de fevereiro a 20 de março e contará com os serviços de solução de PABX em nuvem; 240 canais, 370 licenças para franquia de ligações ilimitadas; interface de gerenciamento digital; licença e supervisão de call center automatizado; serviços de tri-dígito 0800; plataforma de WhatsApp multi-atendente; plataformas de videoconferência e serviços de informações.

“A telefonia digital resulta em maior eficiência, pois permite comunicações mais rápidas e precisas. Reduz o tempo gasto em processos burocráticos, possibilita a automatização e contribui para a redução de custos operacionais. Também permite o acesso a serviços em nuvem, o que facilita a colaboração entre órgãos públicos e melhora a gestão e proteção de dados”, conclui Cleiton Pimentel, secretário de Ciência e Tecnologia.

Foto: Bruno Nepomuceno.