Foto de Hacı Elmas na UnsplashFoto de Hacı Elmas na Unsplash

Diante do crescente número de casos suspeitos de dengue, a Prefeitura está intensificando suas medidas de combate e prevenção. Até a última sexta-feira, foram registrados 280 casos no município. Como parte desse esforço, a Prefeitura decretou Estado de Emergência de Saúde Pública, visando uma ação mais ágil e eficaz.

É importante ressaltar que o combate à dengue é uma responsabilidade compartilhada por todos. A campanha ’10 Minutos Contra a Dengue’ é um apelo para que cada morador dedique alguns minutos do seu dia para eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti em suas residências e áreas próximas. São ações simples, mas que fazem toda a diferença na prevenção.

O prefeito Rubens Bomtempo enfatizou a importância da colaboração de todos nesse momento.
“A colaboração da população é fundamental. É essencial que cada um assuma a responsabilidade de cuidar de seu ambiente, evitando o acúmulo de água parada e realizando ações preventivas regularmente. O engajamento de todos é muito importante para interromper o ciclo de transmissão da dengue e proteger a saúde comunitária”.

Por meio do decreto de Estado de Emergência, os agentes de endemias estão autorizados a tomar medidas enérgicas, com o apoio da fiscalização e força policial, para acessar imóveis suspeitos, abandonados ou desabitados. Essa ação visa garantir que nenhum foco de proliferação do mosquito fique sem ser tratado, protegendo assim a saúde de todos. No entanto, é vital destacar que a cooperação dos proprietários é essencial nesse processo. A recusa em permitir a entrada dos agentes será notificada e pode resultar em medidas legais.

O secretário de Saúde, Marcus Curvelo, reiterou o compromisso da administração em reforçar o atendimento nas unidades de saúde para lidar com o aumento da demanda. Além disso, ele ressaltou que somente com a eliminação dos criadouros do mosquito será possível controlar efetivamente a propagação da dengue. “Neste momento, estamos mobilizando recursos e pessoal para garantir que todos tenham acesso ao cuidado de que necessitam. Estamos intensificando nossos esforços para oferecer assistência de qualidade a todos que buscarem auxílio na rede pública de saúde”.