Foto de Hacı Elmas na UnsplashFoto de Hacı Elmas na Unsplash

A cidade de Petrópolis enfrenta um momento crítico com o registro do primeiro óbito por dengue. Um homem de 40 anos veio a óbito no dia 24 de fevereiro, após chegar em estado grave na UPA Cascatinha e ser transferido para uma unidade de CTI. O diagnóstico da causa da morte foi confirmado através de exame laboratorial realizado pelo LACEN-RJ (Laboratório Central Noel Nutels), com o resultado liberado na manhã de quinta-feira, 29 de fevereiro.

Com um preocupante aumento nos casos da doença, Petrópolis já registrou 530 casos de dengue, dados atualizados nesta sexta-feira, 1º de março. Desde a última semana, as três UPAs (Centro, Cascatinha e Itaipava) estão operando com reforços nas equipes médicas devido ao crescente número de pacientes com sintomas da doença.

A situação levou a Prefeitura a decretar Emergência de Saúde Pública, visando uma resposta mais ágil no combate à dengue e reforçando o compromisso da administração em proteger a população e conter a propagação da doença no município.

É fundamental destacar que a colaboração de todos é essencial nessa luta contra o mosquito transmissor. Somente com o engajamento de cada indivíduo será possível vencer essa batalha contra a dengue.

Fique ligado para mais atualizações sobre essa importante questão para a nossa comunidade.