A feira de eventos ‘Mulheres em Foco’ movimentou a Praça Olímpica Luís de Camões na última sexta-feira, 08/03, marcando as comemorações pelo Dia Internacional da Mulher. Foi um dia de ações gratuitas nas áreas de direitos, acolhimento social, saúde e bem-estar, trabalho, cultura, meio ambiente, esportes e lazer.

Promovida pela Prefeitura de Teresópolis, com equipes das secretarias dos Direitos da Mulher, de Assistência Social e Direitos Humanos, de Agricultura, de Meio Ambiente/Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, de Esporte e Lazer e de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, a Feira de Eventos teve a parceria  do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, da Patrulha Maria da Penha-Guardiões da Vida/Polícia Militar, do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso), da Universidade Estácio de Sá, da 13ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Fórum de Cultura de Teresópolis.

Quem passou pela Praça Olímpica recebeu acolhimento social e orientações sobre violência e medidas protetivas; contou com atendimento em direito da família; esclareceu dúvidas sobre benefícios previdenciários e direitos trabalhistas; teve oportunidade de atualizar seus dados no Cadastro Único e Bolsa Família e ainda recebeu atendimento nas áreas de balcão de empregos e cadastro no SINE.

Na área de saúde e bem-estar, o público contou com orientação nutricional, medição de glicose e aferição de pressão arterial, higiene e saúde bucal, conscientização sobre o combate à dengue, corte de cabelo e maquiagem. Recreação para todas as idades, ginástica para a Terceira Idade, distribuição de mudas de plantas, oficinas de poesia e de artesanato completaram as atividades gratuitas.

“Oito de março é dia de luta para que nossas mulheres não sofram violência de nenhum tipo. Luta pelos seus espaços, pelos direitos constituídos pela Constituição Federal e pela Lei Maria da Penha, pela igualdade, respeito e dignidade. As secretarias dos Direitos da Mulher e de Assistência Social e Direitos Humanos estão à disposição das mulheres, com equipe multidisciplinar capacitada para acolhê-las e orientá-las”, ressaltou Margareth Rosi, secretária dos Direitos da Mulher e interina de Assistência Social.  

Fotos: Bruno Nepomuceno e Divulgação